Os biocombustíveis e a farsa americana do livre comércio

A lei Farm Bill foi aprovada por ampla maioria no senado americano. Essa lei é tão estúpida que até o Bush era contra. Ela consiste em dar dinheiro para os milionários fazendeiros americanos (com renda 107 vezes maior que o nível de pobreza do país) num momento que a renda agrícola é a maior da história, o preço do trigo disparou 126%, da soja, 57%, milho, 45%.

A lei renovada amplia para cerca de US$ 307 bilhões em cinco anos os subsídios ao agricultor americano, parte sob a forma de compra garantida de alimentos para programas de assistência social. Verifica-se facilmente, nesse caso, que lá como aqui, os políticos estão se lixando pelo interesse do povo, milionários se apropriam dos bens públicos sob a égide de um lei perversa, os contribuintes pagam a conta e a imprensa “livre”, regada a dinheiro, finge de morta.

A lei inclui a manutenção da tarifa de importação de etanol de US$ 0,54 por galão (US$ 2,04 por litro) e imposição da compra de até 85% do insumo no mercado doméstico. Ou seja: além da tarifa, agora passará a haver também cota de importação.

Na terra do livre mercado, a Farm Bill aprisiona a concorrência e submete o contribuinte americano a pagar pelo melhor dos mundos dos fazendeiros americanos: subsídio para vender a produção a preço alto ao governo quando o mercado cai, e retê-la quando sobe.

As consequências dessa lei para o mundo são:

  1. A pá de cal na rodada de Doha,
  2. a punição dos países africanos que dependem das exportações agrícolas,
  3. impede a entrada do álcool brasileiro nos EUA e
  4. redução da oferta de milho, pois continuarão a fazer álcool do milho, (ONU isso, sim, é crime contra a humanidade).

A renovação da lei agrícola dos EUA revela a farsa do livre comércio e pune o etanol brasileiro.

P.S.: O USA vão denunciar a política industrial brasileira a Organização Mundial do Comércio (OMC). Dizem eles que a nossa política industrial é muito protecionista.

Veja o Agribusiness News

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: